terça-feira, 22 de dezembro de 2009

Reflorestação



A reflorestação começou na zona junto ao moinho de Linda-a-Velha, conforme podem ver nas fotografias. Na segunda fotografia, temos em primeiro plano uma das crateras que sobrou da projectada construção do depósito de água para irrigar o campo de golfe. Algum dia será tapada?
A persistência dos cidadãos fez com que o IDP abandonasse a ideia peregrina de construir esse depósito na mata. Infelizmente, tarde de mais para os pinheiros mansos com dezenas de anos que foram abatidos sem nenhuma razão válida, só para satisfazer a vaidade de uns e as ambições de outros.

segunda-feira, 21 de dezembro de 2009

Alguém viu o Rocco?


Fazemos aqui eco dum apelo que nos chegou há pouco. Ontem, dia 20,, desapareceu no Estádio Nacional um cão de pequeno porte, preto e com uma mancha branca na zona do peito. Dá pelo nome de Rocco. Se alguém o vir, por favor avise a Segurança do Jamor.

Obrigada!

quinta-feira, 17 de dezembro de 2009

Abertura de estrada, deposição de betuminosos e descargas no Jamor

Se achávamos que já tínhamos visto de tudo neste processo, estavamos enganados...

Hoje de manhã, cerca das 9 horas, um veículo de limpeza de fossas Kaiser Water Recycling estava a fazer uma descarga nos sumidouros que vão dar ao Rio Jamor, como se pode ver na primeira fotografia .



















Ontem, abriram uma estrada e depositaram materiais betuminosos, como pode ser visto na segunda e terceira fotografias.

Ambas as situações já foram reportadas às autoridades.

quarta-feira, 16 de dezembro de 2009

Recomeço das obras e acção contra a ARHT

Como seguramente já se aperceberam, as obras recomeçaram no campo de golfe, destruindo vegetação que tinha nascido entretanto e coberto vegetal em zonas anteriormente ainda não intervencionadas, numa clara afonta à decisão do tribunal, para já não falar da ilegalidade de obras desta natureza em pleno leito de cheias...

Posto isto, seremos obrigados mais uma vez a denunciar esta situação junto do Tribunal Administrativo e Fiscal de Sintra, pedindo-lhe que tome medidas para assegurar o cumprimento da sua decisão.

Por outro lado, a Autoridade da Região Hidrográfica do Tejo (ARHT) não deu (mais uma vez) resposta ao nosso pedido de informações, pelo que iremos intentar brevemente a correspondente acção judicial de intimação para prestação de informações. Relembramos que esta autoridade tutela uma boa parte dos terrenos em causa, por serem integrantes do domínio público hídrico, mas até à data, não temos visto que esteja a cumprir a sua missão.

segunda-feira, 14 de dezembro de 2009

Constituição da Associação!

Na passada sexta-feira, 5 sócios fundadores constituiram a nossa associação "Liga dos Amigos do Jamor", cujo objecto é "a defesa e promoção do Complexo do Estádio Nacional, a defesa e promoção da liberdade de utilização do Complexo do Estádio Nacional pelas populações numa perspectiva desportiva ou de lazer, bem como a defesa e promoção do ambiente e conservação da natureza em todo o espaço ocupado pelo Complexo do Estádio Nacional, no Jamor, e na sua zona envolvente. A Associação tem ainda por objecto promover práticas desportivas e de lazer sustentáveis e amigas do ambiente no Complexo do Estádio Nacional e na sua zona envolvente, podendo realizar iniciativas de natureza diversa para esse efeito, tais como provas desportivas, passeios temáticos, convívios, colóquios, etc."

Durante o período transitório, que corresponde à fase de implantação da associação e que terá uma duração máxima de 2 anos, os titulares dos órgãos sociais são os seguintes:

Assembleia Geral
Presidente: Sílvia Malheiro
Vice-Presidente: Rita Medina
Secretária: Marta Santos

Direcção
Presidente: Margarida Gonçalves Novo
Vogal: José do Vale Henriques
Vogal: Hugo Baiona

Fiscal Único
Leandro Silva

A Direcção irá reunir nos próximos dias para definir um plano de acção para o próximo ano, de que não deixaremos de vos dar conta.

quinta-feira, 10 de dezembro de 2009

Monte a monte...

Enquanto aguardamos a decisão do tribunal sobre a providência cautelar, as obras recomeçaram no campo de golfe há uns dias atrás, mais uma vez em desrespeito da ordem já emitida pelo tribunal de não destruir mais coberto vegetal.

Neste momento, há movimentações de terras importantes na zona junto à A5, em que se vão fazendo mais uns aterros e arrasando tudo o que existe. Há montes de terras novos depositados junto às margens do Jamor, mais uma vez em clara violação da lei e sem que a Autoridade da Região Hidrográfica do Tejo tome quaisquer medidas que se conheçam...

E é assim que, monte a monte, o campo de golfe vai sendo construído...

quarta-feira, 9 de dezembro de 2009

"Debate" na Antena 1

Aqui há umas semanas atrás, fomos convidados a participar num "debate" na Antena 1, no programa Portugal em Directo, em que o outro convidado seria a Federação Portuguesa de Golfe (FPG). Nessa altura, informámos a jornalista que o nosso interlocutor deveria ser o IDP, pois é ele o dono da obra e responsável pela construção do campo de golfe.

Praticamente em cima do dia do dito "debate", telefonaram-nos da Antena 1 a confirmar. Perguntámos então quem seriam os outros participantes. Foi-nos dito que seriam o IDP e a FPG. Naturalmente, recusámos participar nessas condições, pois não seria uma situação justa nem equilibrada, mas sim uma situação de 2 contra 1 porque o IDP e a FPG defendem o mesmo ponto de vista.

Propusemos que o número de convidados fosse reduzido para 2 ou aumentado para 4, de forma a conseguir um equilíbrio entre os pontos de vista, mas a nossa sugestão não foi aceite pela Antena 1. Assim, o dito "debate" acabou por se realizar só com a participação do IDP e da FPG.

Naturalmente, temos o maior interesse em divulgar a nossa causa e fazer o que estiver ao nosso alcance para a promover, mas isso não inclui aceitar seja o que for, muito menos situações desequilibradas e injustas à partida, mesmo que lhes chamem "debates". Um verdadeiro debate dá o mesmo espaço a todos os pontos de vista; não dois terços do espaço a um e apenas um terço a outro, como a Antena 1 pretendia fazer.

Tínhamos resolvido não referir aqui este assunto, mas soubemos recentemente que foi dito pela jornalista da Antena 1 no referido "debate" que não estavamos lá porque nos tínhamos recusado a participar juntamente com a FPG. A bem da verdade, aqui ficam as nossas razões.