quinta-feira, 23 de setembro de 2010

Urbanização dos terrenos da Lusalite/Gist Brocades em discussão na próxima Assembleia de Freguesia

A Liga dos Amigos do Jamor chama a especial atenção de todos para o facto de que o assunto da urbanização dos terrenos da Lusalite/Gist Brocades (antiga Fábrica dos Fermentos Holandeses) será tratado na próxima Assembleia da Junta de Freguesia da Cruz-Quebrada – Dafundo, a realizar no próximo dia 30 de Setembro, pelas 21h, no auditório das Piscinas do Jamor, conforme edital anexo.

Apelamos à participação de todos nesta Assembleia, em que os cidadãos eleitores podem usar da palavra para dizer de sua justiça.

Lembramos que está em elaboração um plano de pormenor relativo a esses terrenos e que este mesmo plano será apresentado a consulta pública num futuro próximo. Por isso, é importante que todos os interessados se mantenham a par duma situação que pode ter consequências desastrosas para todos nós.

Entre outros aspectos polémicos, a urbanização prevista para estes terrenos (Projecto Porto Cruz) colide com normas sobre protecção do ambiente e das populações e viola a regulamentação sobre ordenamento do território em vigor. Implica o desaparecimento da praia da Cruz Quebrada, a relocalização da estação de caminhos-de-ferro e um aumento significativo do tráfego, do ruído e da poluição do ar e da água (neste último caso, por via da construção da marina e do aterro que entrará pelo rio adentro). As torres de 100 metros de altura a construir na foz do Rio Jamor terão um impacto avassalador na paisagem.

A Liga dos Amigos do Jamor concorda que é urgente proceder à requalificação desses terrenos, até porque estarão seguramente contaminados por amianto. É do conhecimento público que os edifícios da antiga fábrica da Lusalite estão literalmente forrados a amianto (paredes e coberturas), uma situação que deveria ter sido resolvida há muito, pelo perigo para a saúde pública que representou durante dezenas de anos (com mortes a lamentar) e continua a representar nos dias de hoje. Há pessoas a trabalhar nesses edifícios e há seguramente libertação de fibras de amianto para o meio ambiente, em virtude da degradação natural dos materiais, expostos há décadas à acção do vento, do sol e do sal!

Mas requalificação e descontaminação dos terrenos não significa construção a torto e a direito, sem ter em conta a legislação em vigor, nem os direitos e as legítimas expectativas das populações, principalmente daquelas que serão directamente afectadas por este projecto.

Por isso, não deixe de participar na Assembleia do próximo dia 30 de Setembro!

“EDITAL

RICARDO MIGUEL FIGUEIREDO DE SOUSA PINTO, Presidente da Assembleia de Freguesia da Cruz Quebrada – Dafundo, ao abrigo da Lei nº 169/99, que foi alterada e republicada pela Lei nº 5-A/2002 – artigo 19º, convoca a Assembleia de Freguesia, a reunir em Sessão Ordinária, no próximo dia 30 de Setembro, pelas 21H00, no Auditório das Piscinas do Jamor.

ORDEM DE TRABALHOS

1 – Assuntos de interesse para a Freguesia

2 – Aprovação da acta da última sessão

3 – Plano Pormenor do Rio Jamor

4 – Informação do 2º e 3ª Trimestre das actividades do Presidente da Junta de Freguesia

5 – Aprovação do Regulamento de Inventário e Património

6 – 2ª Revisão orçamental

Cruz Quebrada, 14 de Setembro de 2010

O Presidente da Assembleia de Freguesia

Ricardo Miguel Pinto”

2 comentários:

  1. Amigos do Jamor;

    Linkei no Oeiras Local e aproveitei para divulgar os excelentes artigos sobre as Quintas do Estádio Nacional.

    ResponderEliminar