terça-feira, 5 de outubro de 2010

A Avenida Pierre de Coubertin


A Avenida Pierre de Coubertin liga a Rua Sacadura Cabral, na Cruz Quebrada, à A5, pelos terrenos do Estádio Nacional.


Trata-se da principal artéria de circulação do Estádio Nacional e caracteriza-se pelo seu belíssimo arranjo paisagístico.


Deve-se a Caldeira Cabral e a Konrad Wiesner o desenho da Avenida Pierre de Coubertin, pois foi deles a ideia original de trazer o Estádio de Honra para um plano mais elevado, deixando o vale livre.


De uma avenida, quase um alameda nobre, em que circulavam poucos carros, a Avenida Pierre de Coubertin é hoje uma importante via de acesso à Cruz Quebrada, bem como de ligação entre a A5 e a Avenida Marginal.


Apesar disso, devido à sua configuração, que não permite grandes velocidades, continua a ser atravessada a pé por milhares de passeantes e usada por centenas de ciclistas, que utilizam o Estádio Nacional para fins de lazer ou prática desportiva.


Com início a seguir à Ponte sobre o Jamor, a Avenida Pierre de Coubertin acompanha por algum tempo a Avenida Marginal, para depois inflectir para a direita, em direcção à A5. A partir do Complexo de Piscinas do Jamor, ladeia uma das colinas que ombreiam o Estádio de Honra, subindo suavemente até à Praça da Maratona. Em frente ao Edifício dos Balneários, bifurca-se para dar acesso aos estacionamentos e à A5.


Até à Praça da Maratona, é acompanhada de ambos os lados por largos passeios em calçada portuguesa, pensados para permitir a circulação tranquila de milhares de pessoas, como ainda hoje acontece nos grandes eventos que se realizam no Estádio de Honra e nas outras instalações desportivas do complexo.


Em ambos os passeios, estão plantadas árvores de folha caduca a intervalos regulares, a permitirem que os passeantes sejam aquecidos pelos raios do sol, no Inverno, e protegidos da sua força no Verão.


Infelizmente, caso o projecto de construir o Pavilhão Multi-Usos no enfiamento da Praça da Maratona e um novo Centralito por cima do Edifícios dos Balneários avance, a Avenida Pierre de Coubertin será desnivelada na zona do Estádio de Honra e transformada numa via rápida, o que significa a sua destruição, bem como um rude golpe no próprio Complexo do Estádio Nacional, de que dificilmente recuperará.



Sem comentários:

Enviar um comentário