segunda-feira, 11 de outubro de 2010

Para onde vai o dinheiro dos nossos impostos

Numa época em que os gastos públicos estão a ser escrutinados de forma crítica por quem os paga (nós, cidadãos contribuintes), resolvemos dar uma olhadela à base de dados de contratos públicos (http://www.base.gov.pt/_layouts/ccp/ajustedirecto/search.aspx), para ver como o IDP gasta o nosso dinheiro em ajuste directo (ou seja, sem concurso público).

Porque seria fastidioso somar as muitas centenas de milhares de euros em contratos de design, comunicação, decoração de interiores e afins, resolvemos deixar aqui só alguns casos isolados para reflexão, uns relacionados com estas matérias e outros com obras recentes no Jamor.

A "reabilitação das ilhas da canoagem" incluindo o mini-golfe custou a módica quantia de cerca de 300.000 euros, num total de 3 contratos.

A sinalética exterior para a nave de atletismo e para o edifício dos courts cobertos de ténis custou 44.800 euros. Quanto terá custado a interior?

Em brindes promocionais com logótipo, foram-se 7.683 euros e o site para o programa nacional de marcha e corrida custou uns singelos 17.400 euros...

Sem comentários:

Enviar um comentário