domingo, 13 de fevereiro de 2011

Incidentes com cães no Estádio Nacional




Os cães no Estádio Nacional têm levantado alguns problemas e é disso que vamos falar hoje. Por um lado, aparecem bastantes animais perdidos/encontrados; por outro, há muitos donos que não se portam como deviam...


Quanto ao primeiro problema, nunca é demais lembrar que o primeiro passo para um animal não ficar perdido é o dono ter o cuidado de o identificar. Basta mandar gravar uma medalhinha ou, se não estiver para isso, escrever o seu número de telefone com um marcador permanente na coleira (por dentro ou por fora). É claro que temos também de vos lembrar aqui que a identificação dos cães através da colocação dum chip electrónico é obrigatória por lei!


E agora, vamos ao comportamento pouco civilizado de alguns donos. A primeira coisa que há a dizer é que é obrigatório os animais andarem à trela nos espaços públicos e que o Complexo Desportivo Nacional do Jamor é um espaço público.


Se toda a gente entende que deixem o vosso cão correr solto durante algum tempo, já ninguém compreende que o deixem incomodar quem passa, nomeadamente correndo atrás doutras pessoas ou bicicletas ou muito menos mostrando-se agressivo ou mordendo pessoas ou outros animais.


Por isso, das duas uma: ou o vosso cão está ensinado e sabe comportar-se e podem soltá-lo, mantendo sempre a devida vigilância, ou não sabe e têm de o manter rigorosamente à trela... Mesmo os cães bem comportados só devem ser soltos se não houver realmente nenhum risco de incomodarem outras pessoas e animais.


Lembramos também que devem apanhar os dejectos ou, pelo menos, os que fiquem nos caminhos. Escusamos de vos dizer que ninguém gosta de ter de esfregar o pezinho nas ervas a ver se se consegue ver livre do indesejável presente e do não menos incomodativo cheiro...


O Estádio Nacional cada vez é usado por mais pessoas e animais e seria desejável que se conseguisse manter uma convivência harmoniosa entre todos, humanos e cães. Naturalmente que que se a chuva de queixas continuar vão ser os cães a serem sacrificados e postos na “rua”. Por isso, que tal ser mais civilizado daqui para a frente? Afinal, se gostam de passear lá o vosso cão, cabe-vos garantir que tudo corre bem!






Sem comentários:

Enviar um comentário