quinta-feira, 17 de maio de 2012


É já no próximo dia 22 que termina a consulta pública sobre a Urbanização do Alto da Boa Viagem (UABV), que prevê impactos tremendos e irremediáveis para o Complexo do Estádio Nacional. A Liga dos Amigos do Jamor está a ultimar os seus comentários e não deixará de os partilhar aqui e na nossa página no Facebook.

Trata-se de mais uma tentativa de pôr ao serviço de interesses privados terrenos públicos, que são de todos nós. A mata do Jamor será utilizada para construir rotundas e acessos viários à UABV!

9 comentários:

  1. Já estava preocupado com uma paragem tão grande do blogue! Ainda bem que continuam na luta!

    ResponderEliminar
  2. O último ano foi muito complicado por vários motivos, mas não temos estado a dormir, só que tivemos de passar a "serviços mínimos", por assim dizer... Esperamos ter agora um pouco mais de disponibilidade!

    ResponderEliminar
  3. É incrível como querem destruir tudo em vez de apostar para um melhoramento do Jamor, em todos os aspectos!

    Fico a espera de noticias no Facebook

    ResponderEliminar
  4. Sigo com alguma irregularidade a vossa actividade enquanto defensores dum espaço que muito prezo. Frequento há muito tempo e vejo com preocupação algumas iniciativas que colocam em causa aquele espaço privilegiado, porque raro na zona da grande Lisboa. Apoiarei dentro do que me for possível quaisquer iniciativas que defendam a preservação da mata do EN. Cumps

    ResponderEliminar
  5. Obrigada! Uma boa ajuda neste momento, seria passarem pela Câmara de Oeiras e deixarem os vossos comentários neste processo de consulta pública!

    ResponderEliminar
  6. Quando em 4 de Maio publicámos no Oeiras Local esta informação fomos alertando também vários amigos para este assunto. Esperamos sucesso ao V/ empenho.
    Maria Clotilde Moreira

    ResponderEliminar
  7. Caros Amigos do Estádio Nacional;

    Quando publicaram a imagem supra esqueceram-se de indicar a fonte. O 'recorte' é da Clotilde Moreira / Algés via blogue 'Oeiras Local'. A confirmá-lo a nota manuscrita.

    Gostei de vos saber de volta.

    ResponderEliminar
  8. Cara Isabel, tem toda a razão! Foi por distracção e pedimos as nossas sinceras desculpas à Clotilde Moreira, a quem muito agradecemos! Não temos estado fora, apenas não tem sobrado muito tempo para escrever aqui, devido a circunstâncias várias. De qualquer modo, temos continuado a gerir os casos que temos em tribunal por causa do campo do golfe e temos estado atentos ao que se passa no Jamor... Muito obrigada por tudo!

    ResponderEliminar